Trânsito

Com o tema “Nós somos o trânsito”, a Semana Nacional de Trânsito segue até o dia 25 em São Francisco do Sul. Durante os dias de evento, o Departamento Municipal de Trânsito (Demtran) vai convidar a população a refletir sobre o tema. Serão realizadas palestras, simulação de acidente, dia mundial sem carro com passeio ciclístico e distribuição de materiais educativos. O objetivo do evento é envolver diretamente a sociedade nas ações e propor uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade.

Semana

A semana surgiu com a criação do Dia Nacional de Trânsito, celebrado anualmente em 25 de setembro depois que o Código Nacional de Trânsito foi instituído em 1997. De acordo com relatório feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) com 183 países, o Brasil é 4º país do mundo com maior número de mortes no trânsito, ficando atrás somente da China, Índia e Nigéria.

Rede – FOTO

A empresa Águas de São Francisco do Sul informa que está realizando a substituição de 2 mil metros da rede de distribuição de água da Avenida Atlântica, na Enseada. Os trabalhos devem durar até 120 dias sem atrapalhar o fluxo na via. De acordo com a empresa, a nova tubulação de 110 milímetros, de maior diâmetro, ampliará a eficiência no abastecimento, com aumento da disponibilidade de água, principalmente durante a temporada.  O abastecimento aos moradores da região segue normalmente e, em caso de alguma interrupção, a comunidade será avisada previamente.

 

Reabilitação

O horário de funcionamento do Centro de Reabilitação em Fisioterapia Lea Maria Krelling, foi ampliado pela Secretaria de Saúde. Agora os atendimentos acontecem das 7h30 às 19h, de segunda-feira a sexta-feira, sem fechar para o almoço. O acréscimo de duas horas e meia no expediente, tem o objetivo de somar mais dez atendimentos por dia, gerando 47% de aumento. Antes, eram atendidos 425 pacientes por mês, com o novo horário, serão 625. Além dos 30 atendimentos domiciliares, que a clínica já oferece.

Paralisia

Este ano, também começou a regulação por ordem de urgência. Os pacientes neurológicos, como os com paralisia cerebral, síndrome de Down e que sofreram AVC, têm prioridade, seguidos dos ortopédicos. Importante lembrar que pacientes com mais de três faltas seguidas nas consultas, perdem a vaga. A clínica atua há nove anos na cidade, desde abril de 2009. Está localizada na rua Coronel Almeida, 132, sala 2, no Centro.