Antibióticos: O que você deve saber

Por candidatos independentes
18 de outubro de 2019
Cobrança
18 de outubro de 2019

Os antibióticos, também conhecidos como
antibacterianos, são medicamentos que matam ou
impedem o crescimento de bactérias, sem prejudicar
as células do nosso organismo. São usados para
tratar doenças causadas exclusivamente pelas
bactérias, não podendo ser usados contra outros
micro-organismos. Antibióticos não tratam infecções
virais, como resfriado, gripe e a maioria das tosses.
Antibióticos são inefi cazes contra qualquer vírus.
Existem diversos tipos de antibióticos, que são
indicados de acordo com a infecção e a área afetada.
Os antibióticos funcionam de duas maneiras: o
antibiótico bactericida, como a penicilina, que mata
as bactérias; e o antibiótico bacteriostático, que
impede as bactérias de se multiplicarem. Alexander
Fleming descobriu a penicilina, o primeiro antibiótico
natural, em 1928. Ele previu o aumento da resistência
aos antibióticos em seu discurso de aceitação do
Prêmio Nobel em 1945, falando o seguinte: “Então há
o perigo de que o homem ignorante possa facilmente
expor seus micróbios a quantidades não letais da
droga, e torná-los resistentes”. Os antibióticos existem
há mais de 90 anos, e a resistência aos mesmos está
começando a se tornar comum. Com o uso abusivo
ou incorreto dos antibióticos, as bactérias podem
sofrer mutações para sobreviver ao medicamento.
É o uso excessivo e errôneo que contribui para o
crescente número de infecções bacterianas que
não estão respondendo aos tratamentos.
Em alguns casos, os antibióticos são indicados para
prevenir ao invés de tratar uma infecção, como antes
de algumas cirurgias. É o uso profi lático de antibióticos.
Os antibióticos podem causar efeitos colaterais. Os
mais comuns são: diarreia, náusea, vômito, erupção
cutânea, e com certos antibióticos em uso prolongado,
infecções fúngicas. As reações alérgicas aos
antibióticos podem ser imediatas ou tardias. Qualquer
pessoa que tenha uma reação alérgica a um antibiótico
deve informar seu médico. Elas podem ser graves e às
vezes fatais, sendo chamadas de reações anafi láticas.
Os efeitos colaterais menos comuns dos antibióticos
incluem: formação de cálculos renais, coagulação
sanguínea anormal, sensibilidade à luz solar, e surdez.
Pessoas com função hepática ou renal reduzida devem
ser cautelosas ao usar antibióticos, quanto à dose
e ao tipo. Da mesma forma, mulheres grávidas ou
amamentando devem ter muito cuidado ao utilizá-los.
O álcool interage diretamente com alguns
antibióticos e pode causar efeitos colaterais
perigosos, bem como pode de reduzir sua efi cácia.
Há vários tipos de antibióticos modernos, e só
estão disponíveis com receita médica. A maioria
dos antibióticos começa a combater a infecção
em poucas horas. Deve-se completar todo o curso
da medicação para evitar o retorno da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *